fbpx

Grafismo infantil: rabiscos, desenhos e o desenvolvimento da criança

Covid-19: volta às aulas presenciais na educação
junho 15, 2021
Tem uma idade ideal para a criança ingressar na educação infantil?
agosto 16, 2021

Seu filho(a), aluno(a) ou criança que tem contato no dia a dia gosta de desenhar, rabiscar e se expressar no papel? Saiba que isso tem um nome: grafismo infantil. E, além de ser importante para criatividade do pequeno ou pequena, também é muito importante para seu desenvolvimento!

Neste texto, você vai entender o que é o grafismo infantil, seus estágios e a importância de estar presente nas observações dos pais e educadores da criança. Confira:

O que é Grafismo infantil?

O grafismo infantil é tudo aquilo que as crianças utilizam para se expressar, como os rabiscos, traços e desenhos. Sendo assim, está completamente relacionado com a arte. 

Esse grafismo é muito importante para entendermos o desenvolvimento da criança, pois a partir do grafismo é possível obter diversas informações sobre a trajetória da criança. Em cada fase, o pequeno(a) revela traços, desenhos e representações diferentes, com características próprias. 

Por isso, é extremamente necessário que os professores, principalmente os das artes, entendam a importância do grafismo infantil e do desenho para a infância e os processos de aprendizagem. E que saibam trabalhar para desenvolver esse tipo de expressão.

Como podemos observar esse grafismo?

Muitos autores dividem o grafismo infantil em etapas ou movimentos. Neste texto, você irá conhecer as etapas conceituadas por Viktor Lowenfeld. 

De acordo com o autor, o grafismo infantil é dividido em 3 estágios: 1) Estágio das garatujas; 2) Estágio Pré-esquemático; e 3) Estágio Esquemático. 

Estágio das garatujas

No estágio das garatujas, que possui três fases, a criança começa rabiscando movimentos curtos, repetitivos e movimentos longos que ultrapassam a folha. Também é possível observar que o pequeno(a) escolhe diferentes cores. Esses rabiscos permanecem até, aproximadamente, 2 anos de idade. 

Depois, começa a realizar curvas e linhas mais direcionadas. Nesta fase, a criança percebe que seus movimentos definem seus traços. 

Numa nova etapa, ainda no estágio das garatujas, a criança realiza rabiscos explorando espirais, linhas e alternando em um mesmo desenho. Tamanhos, movimentos e ritmos diferentes. Ou seja, aqui a criança começa a ter mais consciência motora e de percepção.  

Por fim, na última fase dentro do estágio das garatujas, a criança já começa a desenhar coisas que retratam algo concreto, um objeto. Sendo assim, esse estágio termina em torno dos 3 anos da criança.

Estágio pré-esquemático

A partir dos 4 anos, aproximadamente, é possível observar o segundo estágio do grafismo infantil, o pré-esquemático. Nesse estágio a criança começa a representar melhor os objetos, as figuras humanas, entre outros. É um momento também que ela desenvolve o imaginário de forma mais intensa.

Estágio esquemático

No último estágio, o esquemático, quando a criança tem cerca de 5 anos, ela tenta representar tudo o que vê de forma fiel e com referências. 

É importante lembrar que nesse período inicia-se a alfabetização infantil. Por isso, você pode perceber que o pequeno(a) começará a copiar muito. Desenhos dos professores, colegas, ou o que ele vê no dia a dia.

Além disso, também é uma fase em que a criança começará a representar os objetos com certos estereótipos. Uma árvore, por exemplo, passará a ter as mesmas cores e a mesma forma. 

Se você gostou do assunto e quer se aprofundar, clique aqui!

Por que observar o grafismo infantil é tão importante?

Observar o grafismo infantil possibilita acompanhar o desenvolvimento da criança. Principalmente o desenvolvimento motor, cognitivo e criativo. No entanto, também é possível observar transformações psíquicas e emocionais.

O desenho tem papel fundamental nesse desenvolvimento. Isso porque a criança é incentivada a compreender, relacionar, configurar e dar significado aos seus desenhos. 

Por isso, observar o grafismo infantil e entender o papel da arte no desenvolvimento é tão necessário na educação infantil! 

O que achou de entender como funciona o desenvolvimento da representação e expressão das crianças? Acompanhe o blog do Centro Educacional Alfabeto para mais dicas, sugestões e conhecimentos sobre a educação infantil.

Se quer que seu filho(a) estude em uma escola preocupada em acompanhar todo seu desenvolvimento, aproveite que a Alfabeto está com as matrículas abertas

Matrículas Abertas