fbpx

Tecnologia na Educação Básica: entenda os benefícios!

Alfabeto Artes na Educação Infantil e anos iniciais
Artes na Educação Infantil e anos iniciais: entenda o seu papel no ensino!
novembro 29, 2021
Psicomotricidade na educação infantil
Você sabe o que é Psicomotricidade e sua importância na educação infantil?
janeiro 25, 2022

O uso das tecnologias já é uma realidade em praticamente todas as áreas do conhecimento. Durante a pandemia, principalmente, vimos como essas ferramentas foram fundamentais para a continuação do ensino. Por isso, neste post blog, discutiremos o papel da tecnologia na educação Básica!

Anteriormente, já discutimos um pouco sobre a tecnologia na educação infantil. Para conferir, clique aqui.  Agora, aprofundaremos um pouco mais!

Primeiramente, o que é Educação Básica?

Segundo a Secretaria da Educação “a Educação Básica, a partir da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB – 9.394/96), passou a ser estruturada por etapas e modalidades de ensino, englobando a Educação Infantil, o Ensino Fundamental obrigatório de nove anos e o Ensino Médio.”

Sendo assim, como o próprio nome diz, a Educação Básica é a base do ensino e corresponde aos anos iniciais de aprendizagem.

Educação Infantil

A primeira etapa da educação básica é a educação infantil. Por isso, pedagogos e outros profissionais da educação destacam que é uma fase muito importante para o desenvolvimento da criança.

Nessa fase é preciso trabalhar com o desenvolvimento físico, psicológico, intelectual e social dos pequenos. Assim como define a Lei de Diretrizes e Bases (LDB).

Ensino Fundamental

Esta etapa dura 9 anos, e é a fase da educação básica dedicada a preparar o estudante para o domínio da leitura, da escrita e do cálculo. Inclusive, também é o momento de prepará-lo para o ambiente social.

Ensino Médio

O Ensino Médio visa despertar nos estudantes o autoconhecimento e o pensamento crítico. Mas, uma das principais funções dessa etapa é prepará-lo para o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM. 

E o como vem sendo inserida a tecnologia na educação básica?

Os computadores e a conexão com a internet foram inseridos na educação há não muito tempo. No início dessa inserção, a principal utilização dessas ferramentas era nas chamadas “salas/laboratórios de informática”. Um espaço para crianças e adolescentes terem um contato mais próximo com a tecnologia.

Com o tempo, também passaram a ser utilizadas dentro das salas de aulas convencionais, durante as matérias comuns. Como, por exemplo, os projetores avançados, que auxiliam professores em suas aulas. 

No entanto, até os dias atuais, existem receios ao uso de tecnologias dentro de sala de aula. Exemplo disso é que muitas instituições de ensino ainda proíbem o uso de celulares em todo o ensino básico. 

Mas também há metodologias de ensino inovadoras, que não só utilizam várias tecnologias em sala, como as estimulam. 

De fato, inserir tecnologias na aprendizagem não é uma tarefa simples, mas pode ser muito benéfica!

Principais benefícios das tecnologias na educação

Aula mais dinâmica e interessante

Por que não transformar as aulas convencionais? O uso de tecnologias, e aqui não falamos só sobre a internet ou computadores e celulares, podem tornar a aula mais dinâmica e estimulante para o aluno.

Melhora a interpretação

Hoje, as crianças já crescem acompanhadas de tecnologias por todo canto. Por isso, ela pode melhorar a percepção das crianças e adolescentes quanto ao aprendizado. Sendo assim, melhora a interpretação também.

Tecnologia na educação estimula o autodidatismo

As tecnologias são ótimas ferramentas de busca por informações, desde as mais simples até as mais complexas. Quando a escola insere essas ferramentas e ensina à criança como utilizá-las para aprender, ocorre o estímulo ao autodidatismo. 

Inclui alunos com diferentes necessidades

Você já deve saber que a internet possui diversos mecanismos para inclusão de pessoas com necessidades especiais, não é mesmo? Para aqueles com deficiência visual, por exemplo, há recursos de leitura de documentos e comandos. 

Sendo assim, tecnologias podem ser aliadas quando o objetivo é incluir alunos com necessidades especiais.

Ensina o uso consciente das tecnologias

É claro que para usar essas ferramentas é necessário um controle e limite. Ao mesmo tempo que elas podem ser grandes aliadas, quando não são bem implementadas podem servir justamente para o efeito contrário: dispersão e não-aprendizagem.

Esse controle pode inserir na vida das crianças e adolescentes hábitos mais saudáveis em relação ao uso de tecnologias, mesmo fora da escola.  

Gostou deste conteúdo? Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades do blog do Alfabeto! E se ainda não escolheu a escola ideal para o seu filho, agende um horário conosco; Matrículas Abertas para 2022, do berçário aos anos iniciais do ensino fundamental. 

Matrículas Abertas