fbpx

Você sabe o que é Psicomotricidade e sua importância na educação infantil?

Beneficios do uso da tecnologia no ensino básico Alfabeto
Tecnologia na Educação Básica: entenda os benefícios!
dezembro 16, 2021
Tipos de aprendizagem Alfabeto
Tipos de aprendizagem: identifique o perfil do seu pequeno(a)
março 9, 2022

Você já ouviu falar em Psicomotricidade? Essa é uma técnica que estuda os movimentos que nosso corpo realiza. 

Em estudos que vêm sendo feitos desde o século XX, a psicomotricidade tem se mostrado fundamental na educação infantil, principalmente para evitar o desenvolvimento de distúrbios de aprendizagem nas crianças. 

Quer saber mais sobre isso? Então, continue no texto!

O que é Psicomotricidade?

Para quem nunca ouviu falar sobre esta técnica, ela visa estudar o corpo em movimento. Dessa forma, estudando também sobre as funções motoras e cognitivas. 

A Psicomotricidade tem mostrado que pode ser uma técnica muito útil para melhorar a aprendizagem, amenizar patologias e evitar o desenvolvimento de disfunções. 

Segundo Monteiro e Souza (2021), a educação infantil é o momento mais crucial para se trabalhar a psicomotricidade. Isso porque se aproveita “experiências vividas pelas crianças como meio para o aprofundamento das suas etapas de desenvolvimento”.

Por que é importante desenvolvê-la na infância?

De acordo com os pesquisadores, a Psicomotricidade, portanto, a prática psicomotora, ajuda no percurso maturativo da criança. Sendo assim, quando essa prática se inicia na educação infantil, há um grande desenvolvimento da expressividade motora e cognitiva. 

Além disso, o estudo do corpo em movimento também está relacionado à comunicação. Um exemplo é a gestualidade. Sendo assim, a psicomotricidade também deve ser desenvolvida na infância por ser fator importante no desenvolvimento da comunicação, afetividade e sociabilidade.

A psicomotricidade e os distúrbios de aprendizagem

Apesar de vários benefícios das práticas psicomotoras no dia a dia das crianças, a que mais se destaca nas pesquisas e referências é em relação aos distúrbios de aprendizagem. De acordo com pesquisadores como Lê Boliche, Roverssi e Fier, a Psicomotricidade permite uma maior assimilação das aprendizagens na escola. 

Aliás, quando o estímulo motor na infância é menor do que o ideal, isso pode acarretar em distúrbios de aprendizagem, principalmente quando se trata da alfabetização!

Então, como desenvolver a Psicomotricidade?

Primeiramente, os educadores precisam ter conhecimento sobre os fenômenos que envolvem a Psicomotricidade. Ou seja, o que ela é, como ela deve ser trabalhada e com quais objetivos. Somente assim é possível aplicá-la na educação infantil e nas séries iniciais de modo efetivo. 

Posteriormente, existem alguns “componentes” psicomotores importantes para desenvolver essa técnica. Confira 4 deles:

  • Esquema corporal: é a consciência sobre o próprio corpo, portanto, permite que o ser humano se relacione com o espaço, os objetos e os outros seres;
  • Tônus: o tônus é responsável pelo equilíbrio, pela postura e pela coordenação, tanto do corpo parado quanto do corpo em movimento;
  • Lateralidade: o uso dos dois lados do corpo nos movimentos que executamos no dia a dia;
  • Ritmo: movimentos que estão ligados às noções de organização espacial.

Ainda há outros componentes importantes para a Psicomotricidade. O profissional que irá trabalhar para desenvolvê-las deverá ser um educador habilitado. No CE Alfabeto, desenvolvemos a psicomotricidade nas atividades e brincadeiras diárias da educação infantil e ensino fundamental, bem como nas aulas de educação física, capoeira e música.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe o Blog do Centro Educacional Alfabeto para mais conteúdos sobre educação infantil e fundamental. Nossa escola educa com amor há mais de 10 anos e desenvolvemos as melhores práticas de ensino junto aos profissionais mais habilitados. Siga as nossas redes sociais!

Matrículas Abertas