fbpx

A preguiça pode sabotar o seu filho: incentive a criança a ter disposição

Ensinando o seu filho ter paciência
março 23, 2018
Leitura na educação infantil
abril 23, 2018

Na contramão das crianças que possuem uma agenda lotada de aulas extracurriculares e eventos sociais infantis, outras crianças simplesmente passam todo o tempo livre desanimadas na frente da televisão, computadores ou dormindo por escolha própria.

Essa situação preocupa os pais, pois não somente a indisposição para atividade envolvem a socialização, mas também as relações familiares, cuidados com a saúde e com seus pertences podem ficar seriamente comprometidos.

Uma criança preguiçosa precisa de atenção, pois pode estar precisando de estímulos adequados à seu perfil e idade.

Não rotule seu filho de “preguiçoso”

Essa é a principal forma de afirmar à ele que a preguiça é uma característica dele e não uma condição momentânea e reversível.

Mantenha as consultas de acompanhamento com o pediatra

Algumas doenças ou condições físicas são silenciosas e podem prejudicar o desenvolvimento da criança. O hipotireoidismo pode se desenvolver sem apresentar sintomas significantes, assim como o hipertireoidismo.

Dê bons exemplo

Assim como na alimentação saudável e na prática de exercícios físicos, não terceirize a culpa para os computadores e games. Se você demonstrar a seu filho a maneira saudável de se lidar com as tecnologias disponíveis e como elas podem ajudar, ele terá uma relação muito melhor com estes itens.

Use a tecnologia à seu favor

Milhares de jogos de consoles e de computador estimulam as atividades físicas e de interação com outros jogadores, seja trocando moedas por passos que a criança deu com um contador de passos ou jogos que seu filho precisa copiar movimentos de esportes e danças.

Crie rotinas e dê responsabilidades

Além de criar um ambiente controlado pela própria criança, você ainda vai estimular outros aspectos como a autoconfiança, o cuidado com os pertences e também o senso de coletividade.

Incentive e elogie

Demonstre sempre que você confia nas capacidades da criança, e elogie sempre que ela executar uma tarefa. Ela precisa compreender que está no caminho certo.

E, relaxe

Algumas vezes a criança só está simplesmente cansada.

A boa notícia que corrigir hábitos na infância é muito mais fácil do que na faze adulta, e uma criança preguiçosa pode se tornar uma adulto organizado e ativo se tiver os estímulos e a educação correta.

 

Matrículas Abertas